Alexa pode imitar voz de qualquer pessoa

Função foi apresentada em caráter experimental pela Amazon

Alexa pode imitar voz de qualquer pessoa Alexa pode imitar voz de qualquer pessoa

A Amazon está desenvolvendo um sistema para permitir que a Alexa imite a voz de qualquer pessoa, inclusive pessoas que já faleceram. Para isso, a assistente virtual precisa ouvir menos de um minuto de um áudio, de acordo com o vice-presidente sênior da companhia, Rohit Prasad.

O objetivo é “fazer as memórias durarem” depois que “muitos de nós perdemos alguém que amamos” durante a pandemia, disse Prasad. O recurso foi apresentado em uma conferência da empresa em Las Vegas, na quarta-feira, dia 22. Entretanto, a Amazon não detalhou quando lançaria esse recurso.

A empresa espera que o projeto ajude a Alexa a se tornar onipresente na vida dos compradores. Segundo o Prasad, o objetivo da Amazon para a Alexa é “inteligência generalizável”, ou a capacidade de se adaptar aos ambientes do usuário e aprender novos conceitos com pouca entrada externa. Ele afirmou que essa meta “não deve ser confundida com a ultra inteligência artificial geral, capaz e onisciente”, ou AGI, que a unidade DeepMind, da Alphabet, e a OpenAI, cofundada por Elon Musk, estão buscando.

Fonte: Reuters. Foto: Divulgação.

 

PODCAST

O segredo do TikTok